O aluguel de roupas já existe há muito tempo, mas hoje em dia este mercado começou a crescer como uma opção prática para quem deseja gastar menos e ter sempre variedade. Um armário compartilhado com lojas de aluguel pode ser uma ótima opção.

Tudo isso está diretamente ligado ao consumo inteligente, compartilhado e conveniente. Algumas vezes você não precisa nem ir até a loja, se o modelo que receber não for o ideal, é possível trocar.

Você já alugou roupas?

“A vantagem no aluguel de vestidos de festa é ter uma grande variedade de marcas nacionais e internacionais. Os preços variam de R$ 200 à R$ 800. Nosso atendimento é totalmente personalizado e garantimos a conveniência. Não é preciso se preocupar em fazer bainha e lavanderia: a loja faz tudo”. Comenta Thatiana Risques, sócia da Silvterie – parceira da Inspira.

A Silvterie valoriza os estilistas nacionais, além de contar com a curadoria de profissionais de estilo com foco em tendências para ajudar com o sortimento. A loja trabalha com marcas como: Anne Fernandes, Patrícia Bonaldi, Alforria, Adriana Barra, Iódice, Bobo, Corporeum, entre outras, sempre com novidades.

Outras empresas já começaram a trazer para o Brasil um movimento que já começou fora do país: armários compartilhados.

A House of Bubbles em São Paulo é uma roupateca, como Netflix para filmes e séries, mas para roupas. Por um valor fixo por mês você pega quantas roupas quiser, limitando-se apenas pelo número simultâneo de peças. Os planos são a partir de R$ 100. Você pode ter um armário diferente por semana!

http://www.houseofall.co/

Acreditamos neste modelo e que muitas outras formas deste tipo de negócio ainda vão surgir. O conceito de conveniência, consumo inteligente e prático chegou para ficar.

Já falamos sobre isso neste outro post: http://bit.ly/28YyIY3

E você, já alugou alguma vez?